segunda-feira, 15 de abril de 2019

Aeroporto Augusto Severo deve receber Centro Cultural sobre a 2ª Guerra Mundial

Compartilhe
A Prefeitura de Parnamirim planeja criar dentro do espaço físico do Aeroporto Internacional Augusto Severo, desativado em 2014, um Centro Cultural sobre a participação do Rio Grande do Norte na Segunda Guerra Mundial. O projeto está orçado em R$ 8 milhões.

Segundo o prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, a base oeste do aeroporto será reformada para receber o público interessando no tema. A estrutura vai contar com exposições de fotos, diários de guerra, uniformes e até aviões utilizados na época.

O acervo será montado a partir de peças doadas pela Força Aérea Brasileira (FAB) e organizações dedicadas à memória da participação potiguar durante Segunda Guerra Mundial. A expectativa é de que o memorial seja aberto ao público até o fim do ano.

No início da semana, o prefeito Rosano Taveira foi até Brasília para firmar parcerias com o Ministério da Aeronáutica. “Estamos propondo uma união de esforços para o resgate de um espaço que além de alavancar o turismo em Parnamirim, fomenta o desenvolvimento em nossa cidade”, destacou Taveira.

O secretário Municipal de Finanças, Planejamento, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Giovane Júnior, explica que desenvolve um circuito histórico e cultural com a utilização de diferentes equipamentos e espaços, em Natal e em Parnamirim, diretamente ligados com esse período. “Parnamirim terá seu capítulo contado, dentro dessa história, através do resgate de três espaços considerados ícones, que são os prédios onde funcionavam o teatro, o hospital e o comando geral, no período da segunda guerra”, finalizou.

Atualmente, apenas a pista de pouso do aeroporto é utilizada. A estrutura foi incorporada aos serviços da Base Aérea de Natal (BANT), que é administrada pela FAB.

Agora RN.

Nenhum comentário:

Desenvolvido por Glaucione Farias