sábado, 18 de abril de 2020

Demissão de Mandetta por Bolsonaro é reprovada por 64% dos brasileiros, diz Datafolha

Compartilhe
A demissão de Luis Henrique Mandetta do Ministério da Saúde pelo presidente Jair Bolsonaro, em meio a crise da pandemia do novo coronavírus, foi reprovada por 64% dos brasileiros, monstra pesquisa da Datafolha feita nesta sexta-feira (17).

O levantamento aponta um empate técnico entre aqueles que acreditam que a condução da emergência sanitária sem Mandetta irá piorar (36%) ou melhorar (32%). O ex-ministro foi demitido na quinta-feira (16), e passou o cargo para o médico Nelson Teich.

O Datafolha ouviu 1.606 pessoas por telefone, para evitar contato pessoal, e sua margem de erro é de três pontos parcentuais para mais ou menos.

Folha de S. Paulo

Nenhum comentário:

Desenvolvido por Glaucione Farias