quinta-feira, 21 de maio de 2020

Bolsonaro defende congelar salários de servidores até 2021

Compartilhe
Em reunião virtual com os governadores nesta quinta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que deve sancionar ainda nesta quinta o projeto de auxílio financeiro a estados e municípios.

O presidente pediu consenso em torno da manutenção dos vetos que pretende fazer ao projeto. Um dos trechos que o presidente já disse que vai vetar permitia reajuste a servidores no período da pandemia. O congelamento de salários era uma contrapartida pedida pelo governo, mas o texto foi modificado no Congresso.

Ele defendeu o congelamentos dos salários dos servidores até 31 de dezembro de 2021.

Nenhum comentário:

Desenvolvido por Glaucione Farias